Guilhermina Maria da Rocha1,2,3

 
 
 
F, #26, b. 27 July 1839, d. 29 December 1867
 

Citations

  1. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., III-220.
  2. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-292.
  3. [S642] Jorge Forjaz, Famílias Macaenses 2nd ed., I-350, IV-512.
  4. [S4] Famílias Macaenses 1st ed.
  5. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-295.
 
 
 
 
 

Barão / Baron João Corrêa Paes d'Assumpção1,2,3

 
 
 
M, #37, b. 4 May 1825
Baron João Corrêa Paes d'Assumpção


Collection HA d'Assumpção

Family 1:

Guilhermina Maria da Rocha b. 27 Jul 1839, d. 29 Dec 1867

Family 2:

Ana Joaquina Brandão b. 30 Jun 1844, d. 4 Dec 1880
 
  • Birth*: 4 May 1825 at Paço de Arcos, Portugal.1
  • Marriage*: _ M. Guilhermina Maria da Rocha at Macau on 29 June 1858.4
  • Marriage*: _ M. Ana Joaquina Brandão, daughter of António Carlos Brandão and Rufina Maria Lopes, at Macau on 16 June 1867.1
  • Occupation*:
    Português

    Esteve em Macau pela 1a vez como comissário da corveta Infante D. Henrique, voltando novamente em 1854. Decidiu então fixar residência em Macau, onde ocupou, durante largos anos, o lugar de contadíor da Junta da Fazenda Pública de Macau, Timor e Solor. Foi também 1o oficial do Corpo dos Oficiais da Fazenda da Armada e inspector da Santa Casa da Misericórdia de Macau.

    Foi 1o Barão de Assumpção, titulo registado na Torre do Tombo a 6.5.1890, mas de que se desconhece a data da concessão. Consul do Brasil (1892), cavaleiro (dec. de 19.12.1865) e comendador da Ordem de Na Sra da Conceição de Vila Viçosa (dec. de 15.11.1888), comendador da Ordem de Cristo e cavaleiro da Ordem da Corôa do Sião, e da Real Ordem do Cambodja.

    Em 1891 foi arrolado como um dos 40 maiores contribuintes de Macau. Era proprietário, entre outros bens, de 4 casas na Calçada do Tronco Velho (nos 2, 4, 6 e 8 e residia no no 6) que, depois da sua morte, foram vendidas em 1897 à Santa Casa da Misericórdia que as demoliu passados muitos anos, construindo em seu lugar um unico edifício a que deu o nome de Edifício Caetano Soares, em memória do Dr. José Caetano Soares, médico do Hospital de S. Rafael durante mais de 20 anos.

    Quando desembarca em Macau já usa o apelido Assumpção, mas pelos dados que conhecemos da sua ascendência não se percebe como a que usava este apelido. Note-se, porem, que a sua tia materna Jesuína Amália, era casada com João José da Assumpção e Silva. Terá havido qualquer ligação afectiva a este tio que o tenha levado a adoptar o seu apelido?


    English

    Baron João Correa Paes d'Assumpção went to Macau for the first time as Paymaster of the corvette Infante D. Henrique and returned in 1854. He decided then to stay permanently in Macau, where he occupied, for many years, the post of paymaster of the Finance Department of Macau, Timor and Solor. He was as well the first officer of the Finance Department of the Navy and inspector of the Santa Casa de Misericórdia (the home for the financially disadvantaged) of Macau.

    His title Baron de Assumpção was registered in the Torre do Tombo on 6 May 1890, but the date on which it was granted is unknown. He was Consul of Brazil (1892), Knight (19 Dec 1865) and Commander of the Order of Our Lady of Conception of Vila Viçosa (15 Nov 1888), Commander of the Order of Christ and a Knight of the Crown of Siam and the Royal Order of Cambodia.

    In 1891 he was listed amongst the 14 major taxpayers of Macau. He was the proprietor of several properties, including 4 houses in the Calçada do Tronco Velho (nos. 2, 4, 6 and 8; he dwelt in no. 6). After his his death, these was sold in 1897 to the Santa Casa da Misericordia which after some years demolished them and built a single building named "Edifício Caetano Soares" in memory of Dr. José Caetano Soares, doctor in the Hospital de S. Rafael for more than 20 years.

    When he disembarked in Macau he already used the name Assumpção but it is not known how it came about that he used this name. Note, though, that his maternal aunt, Jesuína Amália, was married to José João da Assumpção e Silva. Could he have had some affectionate link with this uncle that led him to adopt his name?1


  • Honours*:
    Foi o primeiro e único Barão de Assumpção / He was the first and only Baron de Assumpção (6 May 1890).
    Comendador / Commander: Ordem Militar de Cristo de Portugal / Military Order of Christ of Portugal
    Comendador / Commander: Ordem de Na Sra da Conceição de Vila Viçosa / Order of Our Lady of Conception of Vila Viçosa of Portugal
    Cavaleiro / Knight: Ordem Real do Camboja / Royal Order of Cambodia
    Cavaleiro / Knight: Ordem da Coroa da Tailândia / Order of the Crown of Thailand1
  • Burial*: Buried at Cemitério de S. Miguel / Cemetery of S. Miguel, Macau,

Citations

  1. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-293.
  2. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., III-220.
  3. [S642] Jorge Forjaz, Famílias Macaenses 2nd ed., I-742, I-349, IV-512.
  4. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-295.
 
 
 
 
 

Ana Joaquina Brandão1,2,3

 
 
 
F, #39, b. 30 June 1844, d. 4 December 1880

Parents:

Father*: António Carlos Brandão b. 4 Nov 1813, d. 28 Jun 1885
Mother*: Rufina Maria Lopes b. 25 Jul 1819, d. 22 Jul 1884
 

Citations

  1. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-293.
  2. [S4] Famílias Macaenses 1st ed., I-588.
  3. [S642] Jorge Forjaz, Famílias Macaenses 2nd ed., I-350, 742.